Integral Floripa Bambu


A Integral Floripa Bambu nasce com preaparação do solo arenoso do Rio Vermelho.

A lentidão do processo contribui com a busca do impacto ambiental minimo.
O desafio é construir o espaço com o maximo de recursos locais, e nesse processo ja foram usados :
Pra terra-planagem o solo local e pneus descartados pelas borracharias locais.
Para o tatame folhas de pinus local .
Para o banheiro seco , solo local, sapatas de casas abadonadas de madeira local, bambu local, palha local, esterco local, polvilho local, e restos de vergalhoes de aço dispensado por obras locais.
A premissa ” local ” é benéfica por inumeras razões, mas a principal delas seria a eliminação do transporte que consome tanto petróleo.
Até agora o custo tem sido minimo, o aprendizado enorme, e o resultado incrivelmente satisfatório.

Alguns amigos contribuiram com a obra, em troca adquiriram novos conhecimentos para se construir de maneira barata eficiente e alternativa. Entre eles o mais especial foi o Tarcisio, criador da Eco Comunidade Ajubaí , grande amigo e parceiro. Na primeira vez ele veio junto com Hércules, pra fazer uma parede do sanitário compostável.

Da segunda Tarcisio veio pra passar a semana, junto com um casal de amigos permacultores , Thaigo e Anelise , recem chegados da Australia, onde aprenderam muito sobre permacultura vivendo um tempo no sitio do Bill Mollison, criador da permacultura.

Em uma semana conseguimos terminar a terraplanagem , preparar a primeira camada de tatame organico e montar uma tenda provisória de 6 por 6 metros pra dar inicio aos primeiros treinos com quatro piramides de bambu


A obra e os treinos continuam…

Sobre rodrigoprimavera

bambuzeiro, designer de produtos de bambu, arte educador , permacultor Enquanto o mundo gira, homens correm pra ter... eu planto Enquanto bombas explodem, carros passam, buzinas soam ... eu planto. Enquanto elevadores sobem, descem, cameras de segurança flagram ... eu flagro o tecer de uma teia de aranha. Durmo aos sons das ondas. Quando a maioria vai pra lá eu vou pro outro lado. Quando ninguém mais quer e descarta, eu aproveito. Coloco minha energia na vida. Invisto na vida, dou de comer as minhocas, as formigas, aos cupins, juntos dividimos o que a vida tem de bom... Acredito na impermanência permanente. Sou a favor do vento, da chuva, do lodo, do silencio musical da natureza. Luto comigo mesmo, contra a preguiça, a gula, o egoísmo, o medo. Prezo pelos meus amigos, todos eles. Sou filho da Terra e por ela nutro o mais profundo respeito. Admiro o simples. Tenho o orgulho de ter matado a anciedade dentro de mim. Sei que tudo tem o tempo certo pra acontecer. Me dou o luxo de me espreguiçar quase o tempo todo. Colho os frutos, reparto os excedentes. "
Esta entrada foi publicada em Integral Bambu. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s